PET e PET-CT

O que é o PET, PET-CT e PET-PSMA?

O PET (Positron Emission Tomography) avalia o metabolismo das estruturas analisadas, como ossos, músculos, órgãos e tumores. Revela alterações no metabolismo celular, que podem ser ou não suspeitas da presença de um tumor. Neste exame, é injectada uma substância que é captada por determinadas células (em oncologia, células tumorais, mas podem ser de outro tipo, depende do objectivo com que se faz o exame e da substância utilizada). Este composto é ligado a um "radionucllido", que emite radiação. Esta radiação é captada pelo equipamento de PET, indicando onde se localizam essas células específicas.

No exame PET-CT (Positron Emission Tomography – Computed Tomography) consegue-se obter informação adicional, ao utilizar a PET e uma TAC ("CT") simultaneamente. Ou seja, é efectuado em aparelhos sincronizados com tomógrafos computorizados (TC), que combinam as imagens metabólicas, com as imagens anatómicas.

Este exame é indicado em casos de suspeita de cancro da próstata, sendo importante para determinar o estadiamento do tumor e útil na avaliação e planeamento do tratamento a realizar. Permite saber se o tumor já invadiu outras parte do organismo do doente (se já existem metástases). É também um exame cada vez mais utilzado quando há suspeita de recidiva ou progressão do tumor da próstata.

A utilização de um novo marcador tumoral, designado por PSMA (do inglês "Prostate-specific membrane antigen") tornou este exame ainda mais sensível e preciso, pelo que é cada vez mais utilizado em Oncologia Prostática.

 

Importância do Exame PET para as Patologias da Próstata

Estes exames permitem identificar com exactidão as áreas onde existem células cancerígenas (quer na próstata, quer em outras zonas do organismo), ao identificarem mudanças que ocorrem no seu metabolismo celular. 

São exames relativamente recentes e podem ser muito úteis para determinar se existe tumor em outros locais, analisar casos suspeitos de recidiva tumoral após tratamento ou de existência de tumor situado fora da próstata, na altura do diagnóstico.

Qual é o Procedimento do Exame PET?

O PET não é invasivo e é muito seguro.

Este exame demora cerca de 2 horas a ser concluído, uma vez que é injectado no paciente um radiofármaco por via intravenosa e é necessário esperar para que esta substância, que emite baixas doses de radiação, faça o efeito desejado e seja captada em determinados locais, no organismo.

O radiofármaco mais utilizado é a 18F-fluordesoxiglucose (18F-FDG), que está associado a um radionuclído que emite um tipo particular de radiação. No caso do PET-PSMA, o produto mais utilizado é o Gálio68-PSMA 

Exame PET-PSMA

O PET-PSMA é uma alternativa utilizada desde há alguns anos e permite uma melhor definição do estadiamento e recidiva do cancro da próstata.

No PET-PSMA é utilizado um componente radioativo asssociado ao PSMA (do inglês Prostate-Specific Membrane Antige). O PSMA é uma glicoproteína que se localiza na "superfície" das células prostáticas e é altamente regulada no cancro da próstata. 

Desta forma, é possível detectar pequenos tumores que se encontrem numa fase inicial, antes destes se disseminarem. Tal pode não ser possível com uma PET tradicional.

 

Riscos Associados ao PET

Os riscos associados ao PET são diminutos, pois é um exame seguro, apesar de utilizar radiofármacos que emitem radiação. A radiação é, no entanto, muito baixa.

Estes radiofármacos não apresentam efeitos secundários, apenas podem causar um pequeno desconforto ou vermelhidão no local da injecção.

No caso das mulheres grávidas ou a amamentar, o médico deve ser informado antes de efectuar este exame.

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Perguntas Frequentes sobre o PET

O Exame PET é Importante para o Tratamento do Cancro da Próstata?

icon down

É necessário algum Tipo de Preparação por parte do Paciente para realização do PET?

icon down

Quando é que se Realiza um Exame PET-CT com PSMA?

icon down

O que é o PSMA?

icon down
Referências

Pedido de Marcação de Consulta