Em que consiste o Tratamento de Braquiterapia para o Cancro da Próstata?

O Cancro da Próstata é uma doença oncológica que, nos dias de hoje, apresenta muitas opções de tratamento - que variam consoante o paciente e o tipo de tumor.

Entre eles encontra-se a Braquiterapia, uma das técnicas que mais evoluiu nos últimos anos. 

Mas em que consiste esta terapêutica e quais as suas vantagens face a outros tratamentos? Será indicada para todos os doentes? 

Descubra neste artigo a resposta a estas dúvidas comuns e o potencial da Braquiterapia no tratamento deste tipo de cancro. 

 

Em que consiste a Braquiterapia?

A Braquiterapia é uma técnica consiste na colocação de implantes (sementes) radioactivas - do tamanho de bagos de arroz - na zona do tumor, eliminando as células cancerígenas.

No caso do cancro prostático, os implantes são colocados diretamente na próstata, libertando progressivamente radiação nos tecidos. 

É uma técnica muito precisa e minuciosa. 

A maior parte da radiação libertada atinge apenas a zona afectada pelas células doentes e não as áreas adjacentes - não representando qualquer risco para o doente. 

Além destes casos, a Braquiterapia é eficaz no tratamento de outros tumores, tais como  o cancro da mama, pulmão ou pâncreas, entre outros.

 

Quais as Indicações para este Tratamento?

O recurso à Braquiterapia exige algumas condições, pelo que pode não ser indicado para todos os doentes. 

Em primeiro lugar, é fundamental que o tumor esteja localizado apenas na próstata, isto é, que não se tenha ainda espalhado para órgãos adjacentes ou metastizado, uma vez que é uma terapêutica muito localizada.

Além do mais, existem outras características da doença que são podem tornar este tratamento mais ou menos indicado, nomeadamente:

  • Score de Gleason ≤ 7;
  • PSA ≤ 10ng/ml;
  • Volume prostático ≤ 50cc;
  • Fluxo máximo > 11ml/seg.

Ainda assim, com a enorme evolução recente da técnica, já é possível aplicá-la em situações distintas, em doentes com tumores com parâmetros diferentes dos indicados, ligeiramente mais altos (por exemplo, um valor de PSA ligeiramente superior a 10ng/ml ou um volume ligeiramente superior a 50cc).

Por outro lado, a braquiterapia não costuma ser recomendada para pacientes com sintomas do aparelho urinário inferior muito marcados, como sintomas de esvaziamento - sob risco de agravar a situação.

Instituto Da Prostata Em Que Consiste O Tratamento De Braquiterapia Para O Cancro Da Prostata

 

Quais os Benefícios do Tratamento de Braquiterapia?

Além da elevada eficácia, as vantagens mais importantes prendem-se com questões sexuais e sociais que, por norma, representam as consequências mais temidas em relação aos tratamentos do cancro da próstata.

O recurso à Braquiterapia evita as complicações mais  temidas pelos doentes, como a incontinência urinária e a disfunção erétil. 

Além disso, apresenta ainda os seguintes benefícios, em relação a outras opções terapêuticas:

  • Menor tempo de internamento (normalmente inferior a 1 dia);
  • Rápido retorno à rotina e às actividades diárias normais;
  • Menor tempo de algaliação (apenas algumas horas);
  • Menos efeitos secundários;
  • Protecção dos órgãos e tecidos próximos.

 

O que esperar do Procedimento da Braquiterapia?

Uma vez que a Braquiterapia é uma terapêutica localizada e muito precisa, a sua execução tem de ser planeada, recorrendo, a alguns exames.

Além do mais, a sua execução requer uma equipa multidisciplinar, de forma a obter o melhor resultado possível: inclui médicos - urologista, radioterapeuta, físico e anestesista - e enfermeiros - como habitual em procedimentos médicos ou cirúrgicos.

Em primeiro lugar, é preciso determinar:

  • O número e o local exacto onde serão colocados os elementos radioactivos;
  • A dosagem - por norma, o cancro da próstata requer uma taxa de radiação baixa.

Todo esse planeamento é exequível através de um sistema computorizado específico e altamente sofisticado. É definida, de forma muito precisa, a forma e dimensão da próstata, com recurso a técnicas de 3D.

Quando definidos todos os parâmetros, procede-se à colocação das sementes radioactivas através de agulhas, sendo, por isso, um método minimamente invasivo.

Todo este planeamento é efectuado  com controlo por imagem, em tempo real. 

Esta monitorização é feita através de uma ecografia trans-rectal, que transmite imagens tridimensionais do interior da glândula, que ajudam a visualizar o local na próstata onde os implantes têm de ser posicionados.

A partir daí, a radiação vai sendo libertada ao longo do tempo, uma vez que os implantes não são retirados. Ao fim de alguns meses, os implantes tornam-se inactivos.

 

Duração do Tratamento e Cuidados pré-intervenção 

O doente é aconselhado a realizar uma limpeza intestinal antes da realização do tratamento. Todo este procedimento é, de forma geral, realizado de forma rápida, durando entre 1 a 2 horas.

Dada a importância do paciente permanecer imóvel para que a colocação dos implantes radiactivos seja minuciosa e precisa, e como o processo pode ser desconfortável e doloroso, é necessária uma anestesia geral ou raquianestesia (semelhante a uma anestesia epidural).

 

Que Resultados esperar após o Tratamento?

Esta técnica terapêutica é considerada tão ou mais eficaz em comparação com outras, sendo que os resultados esperados são muito positivos.

Quando o tumor não ultrapassou os limites do órgão, a expectativa é eliminar completamente o cancro com a Braquiterapia.

Em alguns casos mais agressivos, dada a sua enorme eficácia, pode ser utilizada como complemento a outros métodos, nomeadamente a Radioterapia externa, em situações de cancros mais agressivos ou mais avançados. 

Nestes doentes, os resultados da Radioterapia podem ser mais positivos quando é realizada em conjunto com a Braquiterapia.

É normal que após o tratamento, os pacientes sintam algumas queixas urinárias, como aumento da frequência das micções, jato fraco ou ainda ardor durante a micção. 

Ainda assim, geralmente estes sintomas tendem a diminuir progressivamente ao longo do tempo, até desaparecerem naturalmente, desde que sejam seguidas todas as indicações médicas.

Também é necessário realizar um acompanhamento médico através de consultas de rotinas, que vão sendo cada vez mais espaçadas no tempo. 

Nestes encontros com o médico, realizam-se alguns exames, nomeadamente o doseamento do PSA, toque rectal ou outros, de forma a garantir que os resultados alcançados foram os mais benéficos para o paciente.

 

Fale com o seu médico sobre a Braquiterapia e saiba se é candidato 

O tratamento de Braquiterapia pode ser um aliado essencial na luta contra o cancro da próstata. 

Por isso, é importante que procure aconselhamento especializado e seja seguido por profissionais com experiência, por forma a saber se é ou não um candidato a esta técnica

No Instituto da Próstata, encontra médicos que lidam, todos os dias, com as patologias e as terapêuticas mais inovadoras no tratamento das doenças da próstata. 

Marque uma consulta de diagnóstico. Rapidamente, receberá todo o aconselhamento médico e as orientações precisas que são necessárias.

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Artigos Relacionados

Como Tratar e quais os Tratamentos eficazes para a Prostatite Aguda

A Prostatite aguda é um estado inflamatório e/ou infeccioso da próstata que ocorre de forma abrupta.  Apesar de se tratar de uma doença benigna, a sua incidência afecta a qualidade de vida dos homens devido à intensa sintomatologia que...

Em que consiste o Tratamento de Braquiterapia para o Cancro da Próstata?

O Cancro da Próstata é uma doença oncológica que, nos dias de hoje, apresenta muitas opções de tratamento - que variam consoante o paciente e o tipo de tumor. Entre eles encontra-se a Braquiterapia, uma das técnicas que mais evoluiu...

Qual a importância do Exame PSA na prevenção do Cancro da Próstata?

Nas patologias que afectam a próstata, existem exames que permitem realizar um diagnóstico preciso e completo. O exame de PSA é uma das análises que fornece informações mais relevantes. Com estes dados torna-se possível prevenir...

Pedido de Marcação de Consulta